Sua empresa está protegida?

Um adolescente finlandês de apenas 17 anos já é dono de um extenso currículo em matéria de ataques cibernéticos: ele foi condenado em mais de 50 mil casos. Mesmo assim, não foi preso.

Julius Kivimaki foi julgado culpado pela Justiça em 50,7 mil “casos de invasão de computadores com agravamento”.

Autoridades dizem que seus ataques afetaram a Universidade de Harvard e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. Entre suas ações, estariam sequestro de e-mails, bloqueio de tráfego de dados para sites e furto de dados de cartões de crédito.

Ao invés de determinar a prisão do jovem, a Corte Distrital de Espoo suspendeu a sentença de prisão de dois anos, deixando o rapaz em uma espécie de liberdade assistida.

Fonte: http://glo.bo/1JUlTKl